Pesquisa e Inteligência

Nada mais precioso hoje em dia do que a informação. Conhecer a fundo seu mercado, seu cliente, a sua região e, principalmente, todo o potencial e oportunidades para fazer o seu negócio prosperar e crescer. É extamente o que nós da Connection oferecemos. Pesquisa e inteligência para que você possa tomar as melhores decisões.

Contato

fone: 55 11 3019-4555
email: atendimento@connectionresearch.com.br

Novidades

Pesquisa em Sustentabilidade

Pesquisa realizada em 2010 Identifica atitudes comportamentais dos paulistanos sobre o ponto de vista da sustentabilidade.

Apresentação de Sustentabilidade

Um instituto de pesquisa conectado com o mercado

A Connection Research, fundada por Luís Carlos Morial, o Caio, atua desde 1997 na área de Pesquisa e Análise de Mercado. É uma organização centrada em levantar e otimizar informaçães de mercado, para auxiliar as tomadas e decisões e direcionar os investimentos.

Localizada em São Paulo, atende em todo o território nacional e na América Latina. Conta com uma equipe altamente qualificada de funcionários, colaboradores associados e consultores exclusivos compondo um quadro multidisciplinar que conta com especialistas nas áreas de Ciências Sociais, Psicologia, Estatística, Geografia, Economia, Administração, Comunicação Social, Marketing e Publicidade.

A estrutura física, humana e tecnológica da Connection permite a realização de estudos qualitativos, quantitativos e de geografia de mercado.

Associações

A Connection Research é associada à ABEP - Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa - e assume o compromisso de exercer os princípios do Código Internacional de Práticas de Pesquisas Sociais e de Marketing da CIC - Câmara Internacional de Comércio e da ESOMAR - European Society for Opinion and Marketing Research.

Rosangela Campo Morial (Rose)Sócia e Diretora de Operações

Cursou Comunicação Social na Fundação Cásper Líbero. Trabalha em Pesquisa de Mercado desde 1978, em cargos como Chefe de Campo, Coordenadora de Focus Group, Assistente de Marketing e Gerente de Operações, em diversas empresas, agências de propaganda e institutos de pesquisa de mercado. Desde 1997 à Diretora de Operações da Connection Research.

Rodrigo Campo MorialGerente de Novos negócios

Coordenador do Departamento de Pesquisa de Preços e auditoria de tablóides para os clientes de varejo Wal Mart, ECON e BIG, na Connection Research e Global Research, de 2.001 a 2.002. De 2.001 a 2.004, como Coordenador do Departamento de Pesquisa de Varejo, realizou estudos e projetos para diversos Shopping Centers, período em que desenvolveu um sistema de avaliação para pesquisa -Mystery Shopper- para os clientes Shopping Morumbi, Shopping Lapa, Shopping Iguatemi Belím, Shopping Curitiba, Shopping Metrô Tatuapé, Shopping Eldorado, Shopping Lapa, Shopping D&D, Shopping Cidade e a Rede de Restaurantes Galeto, pela Connection Research e BrandWorks.

A partir de 2004 assumiu o gerenciamento e coordenação do Departamento de Pesquisa de Varejo em diversos estudos e projetos para Shopping Centers, centros comerciais, Mall Center, entre outros trabalhos realizados pela Connection Research.

Concluiu diversos cursos na ASBPM - Associação Brasileira de Pesquisadores de Mercado, Opinião e Mídia. Cursou Propaganda e Marketing e Administração.

Gabriel Campo MorialGerente Operacional

Graduado pela Faculdade de Belas Artes de São Paulo. Cursou em 2008 o programa Empretec, metodologia desenvolvida pela organização das Nações Unidas (ONU), ministrada no Brasil pelo SEBRAE-SP para empreendedores e empresários. Trabalha em Pesquisa de Mercado desde 1997, ocupando cargos como Chefe De Campo, Coordenador de Codificação, Digitação, Supervisor de Equipe, tradutor de relatórios de pesquisas. Atuou em trabalhos com -Mystery Shooper- testes de produto, pesquisa de satisfação e outras modalidades.

Maria Regina CostaGerente de Projetos

Bacharel em Psicologia pela Universidade Paulista. Atua na área de pesquisa de mercado desde 1980, com passagem por empresas como a agência de publicidade Almap, Refinações de Milho Brasil, Sanbra - Sociedade Algodoeira do Nordeste Brasileiro, Laboratório Merrel Lepetit (grupo Dow Química) e no Ibope por 9 anos.

Sua experiência profissional foi construída com longa vivência em atendimento ao cliente e planejamento de pesquisas Ad Hoc, elaboração de propostas, questionários, relatórios e Apresentação verbal dos resultados para os clientes.

Marcos TosiniGerente de Projetos

Há mais de 15 anos venho desenvolvendo uma ótima parceria com a Connection Research, participando, como consultor, nas Pesquisas e Estudos de Mercado voltados principalmente para os segmentos varejistas e de shopping centers, onde a Connection vem se firmando cada vez mais como uma empresa de referência no setor. A satisfação dos clientes é o principal indicador da competência e do atendimento diferenciado da Connection

AngélicaGerente de Projetos

Socióloga formada pela USP. Trabalha com pesquisas qualitativas equantitativas desde 1986. É parceira da Connection Research desde a sua fundação em 1997.

Especialista emestudos qualitativos e quantitativos, com destaque para opinião pública e varejo , principalmente shopping centers.

Ital - Instituto de Tecnologia de Alimentos

Para testes de Produtos, a Connection firmou uma parceria com a Unidade Laboratorial de Referência em Análises físicas, Sensoriais e Estatística (LAFISE), pertencente ao Centro de Ciência e Qualidade de Alimentos (CCQA) do Ital - Instituto de Tecnologia de Alimentos - que possui moderna infraestrutura com Laboratórios com sistema computadorizado para Análise Sensorial, completo laboratório para Análises Físicas, área especializada para testes de aceitação e preferência do consumidor e Laboratório de Microscopia com analisador de imagem.

Nossos Serviços

Connection Research

Pesquisas Qualitativas Pesquisas Quantitativas

Pesquisas Qualitativas

A pesquisa qualitativa procura conhecer em maior profundidade a reação psicológica do consumidor ou seu envolvimento emocional, buscando qualificar os indivíduos através de abordagens que envolvem a Análise de atitude, comportamento e motivação.

Muitas vezes é utilizada para gerar atributos e traços de opiniões para mensuração posterior em uma pesquisa quantitativa.

Focus Group

As sessões de Focus Group (ou Discussções em Grupo), são realizadas em salas de reuniões com acomodação mídia para 12 pessoas. Essa estrutura é composta por uma segunda sala conjugada, dotada de espelho "one way" ou circuito interno de TV, permitindo a observação por parte da equipe que acompanha o trabalho ou mesmo pelo cliente contratante da pesquisa. As sessões são gravadas em áudio e vídeo para posterior transcrição.

As reuniões são conduzidas por moderador orientado por um roteiro pré-definido com os temas que deverço ser abordados pela pesquisa.

Pesquisa em Profundidade

A pesquisa em profundidade é realizada através de entrevistas pessoais, normalmente gravadas em áudio, onde o pesquisador, com habilidade, envolve o entrevistado a manifestar não só suas opiniões, mas um conjunto de idéias e valores que as sustentam. Normalmente sugere-se de 10 a 15 entrevistas por segmento de interesse.

Home Visits

Esta técnica permite que profissionais das áreas dedesenvolvimento de produto e marketing, observemos hábitos dos consumidores em seu próprio domicílio.

O objetivo é verificar e avaliar os processos de uso dediversos tipos de produtos: limpeza do lar, cuidadoscom a roupa, preparos de alimentos, cuidados combebes e crianças, cuidados com higiene pessoal e estítica, etc.

Esta técnica permite possóveis adequações físicas noproduto e na embalagem, contribuindo também paraa criação de rotas para a linha de Comunicação.

As visitas nos domicílios são pré-agendadas eenvolvem de 1 a 3 horas de duração. Normalmentesão realizadas de 4 a 8 visitas por objetivo.

Cada visita é gravada em áudio e vídeo e costuma-serecolher todo material utilizado na atividadeobservada.

Clínica

Esta técnica é utilizada principalmente antes do lançamento denovos produtos, principalmente bens duráveis.

Profissionais das áreas de desenvolvimento de produto emarketing tem a possibilidade de observar os consumidores e usuários, a manusear, ligar, pilotar, etc., um produto em umambiente preparado cuidadosamente para esta finalidade.

O ambiente ou local preparado deve ser adequado ao uso, manuseio e observação do produto avaliado. No caso do testeser com automóveis, o local deverá ter pista de prova, etc.

Deve-se preocupar também, com o sistema de segurança dolocal, não permitindo a presença de pessoas estranhas aoprojeto e principalmente o uso de qualquer equipamento de gravação (máquinas fotográficas, filmadoras, gravadores,etc.,).

O principal objetivo é verificar possóveis adequações física,design, etc., no produto, como também orientar seuposicionamento e contribuir para a criação de rotas para alinha de Comunicação.

Os trabalhos de campo envolvem recrutamento,agendamento, entrevistas pessoais e observação.

Shop Along

observação e Análise do Consumidor no Ponto de VendaEsta técnica consiste no recrutamento, agendamento,observação e entrevista pessoal junto a consumidores emtodo o processo de compra.

O trabalho de campo é conduzido por uma equipe de 2 profissionais da Connection e 2 profissionais do Cliente(opcional), para cada entrevistado.

A amostra normalmente são de 8 acompanhamentos completos.

Esta pesquisa, permite avaliar o comportamento doconsumidor em diversas fases de compra:

Na preparação e definição do que pretende comprar(compra planejada)

Na escolha do PDV (Bandeira e localização)

Estímulos percebidos no caminho (trajetória até o local)

Estímulos percebidos no PDV (merchandising, promoção, exposição, etc.,)

Compras por impulso

Processos de escolha e compra

Processos de pagamento

PDVs sugeridos para este trabalho: super / hipermercados,lojas de departamento, home center e bricolagem.

Mystery Shopper

Como a próprio termo sugere, esta técnica leva em conta a presença de um pesquisador "disfarçado" de cliente,caracterizado de acordo com o perfil do estabelecimentoavaliado.

Com o apoio de um roteiro memorizado, o pesquisadorobserva e simula uma série de procedimentos de compra. Dependendo do estabelecimento, dos produtos e do tipo de contratação da técnica, a avaliação termina com a compra concluída. Quando possível, todo processo de campo agravado discretamente em áudio e vídeo.

Este tipo de pesquisa traça um perfil do desempenho e doatendimento da loja, resultando em diversos processos dedecisões e, principalmente na formulação e formatação deum treinamento para a equipe do estabelecimento.

Pesquisas Quantitativas

A metodologia quantitativa, de modo geral, é a mais utilizada em pesquisa demercado e opinião. Esta metodologia permite mensurar opiniões, reações, sensações, hábitos e atitudes, etc., de um universo (público-alvo) através deuma amostra que o represente de forma estatisticamente comprovada.

As amostras podem ser aleatórias ou por cotas (extratos pré-definidos de QUANTITATIVAS sexo, idade, classe social, região etc).

A utilização de questionários estruturados o método quantitativo orienta para apredominantemente elaborado com questões fechadas (lista de respostas pré-codificadas).

A pesquisa quantitativa permite dimensionar mercados, definir share, conhecer o perfil sócio demográfico, social e econômico de uma população, entre outras possibilidades.

Em toda pesquisa quantitativa, sem exceção, é necessário calcular a margemde erro para o grau de confiança que se pretende. Assim, o cliente podetomar as suas decisões com a segurança desejada.

A pesquisa quantitativa é realizada a partir de entrevistas individuais,apoiadas por um questionário convencional (impresso) ou eletrônico (Computador ou Pocket PC).

As entrevistas são conduzidas por um entrevistador ou através de auto-preenchimento.

Face to Face

Entrevistas realizadas pessoalmentejunto ao entrevistado. Estas entrevistas,dependendo do objetivo da pesquisa,podem ser realizadas no domicilio, nolocal de trabalho, em pontos de fluxo (intercept ou abordagem de indivíduosem trânsito) ou em central location(local pré-definido, preparado para realização de entrevistas com indivíduos recrutados previamente).

CATI - Entrevistas por telefone

Entrevistas realizadas via telefone, assistenciada por umquestionário eletrônico formatado para receber asinformaçães diretamente no sistema de processamento. Estatécnica garante um controle de qualidade ainda maior que asdemais técnicas de abordagem, pois Além de permitir oacompanhamento simultâneo das entrevistas (através deescuta programada) é possível também realizar uma crítica eletrônica em tempo real, evitando assim inconsistências deaplicação do questionário.

Outras vantagens asseguradas são o prazo e o custo quenormalmente tendem a ser menores.

CAPI - Entrevistas por Pocket PC

Entrevistas realizadas com apoio de um coletor dedados eletrônico (Pocket PC). Este sistema permite aaplicação do questionário e Digitação de formasimultânea, possibilitando a transmissão dos dados distância, imediatamente após a realização dasentrevistas, garantindo maior agilidade na Análise e Apresentação dos resultados.

Os dados também podem ser transmitidos via satélite,em tempo real, diretamente do campo para o institutode pesquisa ou para o escritório do cliente, contribuindo para tomadas de decisões imediatas. Porenquanto, esse serviço de transmissão de dados via satélite só está disponível os Estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

Uma vantagem adicional com o uso do Pocket PC é dar condições para que perguntas inibidoras possam serrespondidas pelo próprio entrevistado, diretamenteno Pocket PC, garantindo assim, total impessoalidade no registro das informaçães.

Entrevistas por Internet

Entrevistas realizadas junto a um públicoespecifico que comprovadamente tenhaacesso a Internet. Esta técnica permiteagilidade na fase de coleta e processamentode dados, Além de garantir ao entrevistadototal impessoalidade no registro dasinformaçães.

Auto Preenchimento

Até pouco tempo, a ínicamaneira utilizada era oquestionário impresso, enviadopara um grande número depessoas ( em virtude do baixo índice de retorno dequestionários preenchidos) deum determinado segmento,através de um mailing list. Comos recursos tecnológicos, estemétodo passou a ser realizadotambém, através de palm einternet.

Arrolamento

Esta técnica na realidade é um levantamento ou contagemde eventos, realizado através da observação e registro deinformaçães de transeuntes, veículos ou equipamentosurbanos, seja de caráter público, empresarial ou domiciliar.Normalmente usa-se esta técnica quando queremos saber,por exemplo, qual o número diário de frequentadores deum shopping center, ou qual o número de consumidorasque foram atraídas por uma promoção em umsupermercado, ou quantos supermercados, farmácias,postos de gasolina, etc. existem em uma determinada regiãogeográfica.

O instrumento de coleta pode ser através de planilha depreenchimento linear, gravador, Palm (coletor de dados) ouum contador mecânico utilizado especialmente para estefim.

Desk Research

A maioria das pesquisas de mercado eopinião necessitam de um trabalho delevantamento preliminar de dados secundários (Desk Research).Este levantamento ou "garimpagem" realizado junto a diversos órgãos oficiais e entidades setoriais, tais comoo IBGE, Prefeituras, Fundações, Associações, etc.

A importância deste levantamento é possibilitar um conhecimento pró que se pretende pesquisar, além deapoiar nos calculos de projeções quando a pesquisa tiver este fim.

Geografia de Mercado

São estudos que, de maneira geral, dizem respeito a avaliação do Ponto-de-Venda versus Demanda e Oferta existentes. Este tipo de estudo é analisado a partir de fundamentos quantitativos.

Nos últimos anos passou a ter maior importância com o crescimento acelerado da população nos grandes centros urbanos.

O aumento da demanda e, consequentemente, a diversificação e crescimento da oferta de produtos e Serviços, fizeram com que empreendedores de diversos setores econômicos, começassem a desenhar os seus negócios a partir de micro-áreas geográficas definidas.

Dessa forma, estabeleceu-se o conceito de área de influência, que significa a demarcação geográfica em torno de um determinado empreendimento, buscando atender as carências de oferta da população que frequenta ou reside nessa área.

são 2 as situações básicas para os estudos dessa natureza:

Estudo de vocação e Viabilidade Mercadológica
É o caso em que o cliente possui o imóvel (ponto) tendo ou não o negócio a ser implantado, buscando conhecer qual a melhor vocação e viabilidade. Neste cenário o estudo indica a melhor vocação e viabilidade de implantação de empreendimento. Os resultados dimensionam o potencial de mercado, analisa a concorrência específica e os atributos de localização e acesso de ponto. Em geral são elaboradas estimativas de faturamento e recomendações quanto ao tamanho da área de vendas (ou ABL área bruta locável, no caso de shopping centers). Uma variante desse tipo de estudo seria, por exemplo, a avaliação de um empreendimento já instalado, visando solucionar possóveis problemas ligados é localização."

Estudo de Indicação de Pontos-de-Venda
Quando o cliente já atua num determinado ramo de atividade (ou já se definiu por um), porém não possui ou não sabe identificar o melhor ponto-de-venda para a expansão ou abertura de seu negócio.

Os procedimentos para a realização dos estudos de geografia de mercado, independentemente do porte e tipo do negócio, da dimensão territorial e populacional da região estudada, consistem basicamente no levantamento de dados primários (in loco) e secundários (através de órgãos e entidades setoriais), resultando na Análise dos seguintes fatores:

Análise da localização do ponto (acessos, atratividade, vizinhança)

definição da área de Influência (de acordo com as características do ponto e do negócio que se pretende implantar)

Análise da oferta existente e concorrência específica (quantitativa e qualitativamente)

Dimensionamento da demanda (população, rendimentos e gastos)

Características e tendências de ocupação da região

Análise das carências e saturações versus demanda potencial

Análise do comportamento de consumo da população

Painel

Os consumidores são selecionados e orientados a fazer parte de um painel fixo que testa o periodicamente diversos produtos em suas residências ou em locais determinados. O objetivo principal da implantação do painel fixo é de proporcionar uma ferramenta ágil e eficaz no levantamento, tratamento e Análise de dados.

Clientes

Setores Atendidos

Shopping / Empreendimento

A Connection é hoje um instituto de pesquisa conectado com o mercado de shopping centers. Criou ferramentas exclusivas para buscar as respostas que os administradores e os lojistas estáo sempre procurando. Atua como especialista nos múltiplos aspectos que envolvem um shopping, da ideia inicial até o pleno funcionamento, das incertezas da economia aos novos hábitos de consumo, nas mais diferentes regiões do país.

Varejo / Atacado / Serviços

áreas em que o conhecimento acumulado pela Connection permite entregar ao cliente Análises e levantamentos que ajudam a tomada de decisões com a rapidez que estes segmentos exigem. Pesquisa de preço, mystery shopper, geografia de mercado e outras ferramentas obtém as respostas.

Setor Financeiro

A diversidade do mercado financeiro é um campo em que a Connection aplica sua vasta experiência na investigação do comportamento das pessoas.

Assessorias / Institutos

Todas as ferramentas e técnicas da Connection são empregadas no atendimento às demandas de vários institutos e assessorias.

Informatica / Telecomunicações

Acompanhamos a dinâmica das inovações tecnológicas, avaliando conceitos de produtos, lançamentos, expectativas, hábitos e comportamento do consumidor.

Governo / Associações

Além de pesquisas de opinião pública e política, realizamos estudos de hábitos e atitudes do consumidor em relação a diversos temas. A exemplo da pesquisa que recentemente foi divulgado na mídia imprensa e eletrônica junto é CNA.

Consultorias / Editoras / Comunicação

Nossas pesquisas para clientes de agências de publicidade, Comunicação de médio e grande porte, indústria editorial, contribuem para a orientação de seus objetivos no mercado.

Industrias

Atendemos com todas as técnicas de pesquisas tradicionais, (Ad-Hoc) de ambas as metodologias, quantitativa e qualitativa, inclusive testes de produtos exclusivos para indústrias de essências, cosméticos, higiene pessoal, produtos de limpeza, alimentação e outros. Diversas empresas são clientes da Connection há mais de 10 anos.

Entre em contato

Para maiores informaçães, entre em contato com nossa equipe de consultores.

ou